1 comentário em “Encontro 2018”

  1. Recordar é viver. Gostaria de ter participado do encontro mas não foi possível desta vez. Quando vejo ex-colegas ( 58 – 62) me faz recordar o tempo em que éramos jovens e sonhadores. É gratificante rever rostos, agora marcados pelo tempo, em abril de cada ano. Devo salientar que a identificação das fotos é muito interessante e quero parabenizar a equipe pelo belo trabalho. Esta publicação faz parte de uma história que ainda não findou, escrita por mãos de egressos de uma “Escola Singular”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *